sexta-feira, 4 de março de 2016

Opinião Hearthstone: Cartas que acho que devem ser nerfadas - por SuperUai


Ah, muleke! SuperUai na área, se derrubar é pênalti! Hoje vou apresentar a versão do que eu nerfaria com a chegada do modo Standard em nosso querido Hearthstone.

Meu palpite é que dia 19 de Abril será a data da entrada do novo formato! CHUTE! Nada confirmado. De acordo com a galera detetive do site Reddit, a nova expansão e, consequentemente o formato standard, chegarão somente depois de 17 de Abril e antes de 02 de Maio.


Introdução

Com a chegada da rotação e a decisão da Blizzard de manter o set Clássico, eles acabaram ficando com um pepino grande na mão, pois o Clássico possui cartas muito fortes e, até hoje, nenhuma outra expansão conseguiu fazer com que as cartas fossem tão boas a ponto de torna-lo um set secundário a ser comprado, o que chegou mais próximo disso foi Naxxramas.
Com um set Clássico tão valoroso, e ainda existente, a melhor solução encontrada foi nerfar as cartas mais problemáticas, de modo que o set fique no mesmo nível das próximas expansões e é justamente sobre esses nerfs que iremos conversar hoje.
OS NERFS MOSTRADOS NÃO SÃO OS FINAIS! São somente nerfs que EU faria se o Ben Brode viesse me pedir ajuda.


Cartas e Sugestões de Nerf

[Gnomo Leproso]
Muita gente vai pensar "quêee? Esse bichinho de um de mana vai ser nerfado?", eu estava nesse grupo também. Depois de analisar, eu vi que não tem NENHUMA carta no jogo que cause 4 de dano no segundo turno sem ter alguma mecânica envolvida. Exemplo, [Sargento Abusivo] precisa de um lacaio em mesa para AMEAÇAR quatro de dano.
Sugestão:  Mantém a ideia da carta e acaba virando um [Saparrão] mais barato. (Sim, esse nerf é diferente do nerf apresentado na minha série no YouTube, eu li a opinião da galera, reconheço o meu exagero e aqui está a versão melhorada).


Essa carta é muito boa nos decks aggro, tanto que todos a usam. Os combos clássicos, como usa-la com [Soltem os Cães], [Implosão de Diabretes] ou [Rastejante Assombrado] são fortes demais para ignorarmos esse carinha. Além disso, ele ativa o tempo todo que entra um lacaio na mesa! Xamã e Paladino sorriem forte com ela por causa disso.
Sugestões: Na primeira sugestão, temos uma correção leve, mudando de "evoca" para "jogado". Assim, ele vai parar de funcionar com as cartas mencionadas acima e mais algumas, além de dar mais liberdade para a fazerem cartas que criam bichinhos. Na segunda, você só tira valor real UMA vez e ainda assim você tem que ter uma mesa bacana para usar ou demorar para jogar a carta que cria lacaios, aumento o seu risco de perder o controle.



Rugido Selvagem
Muita gente acha que o combo será nerfado, ou seja além do [Rugido Selvagem], a [Força da Natureza] também roda junto. Eu discordo. Acho que a segunda é justa, desde que a primeira seja controlada. O mais óbvio seria colocar o Rugido com custo 4, mas o problema ainda vai persistir, pois o combo poderá ser feito e usar 10 mana pra isso não incomoda, pois na maior parte das vezes, você vai finalizar o jogo mesmo.
"Ah, então coloca custo 5!", você diz. Pô, daí já é muita sacanagem, pois a [Sede de Sangue] custa 5 também e dá mais dano.
Sugestões: Na primeira sugestão, acabamos de vez com a interação da carta com "lacaios fichas", isto é, lacaio criado a partir de outro lacaio ou magia, como os [Arvorosos] do [Rugido Selvagem] e o [Escudeiro] do [Cavaleiro do Punho de Prata].
"Espera, e o lacaio gerado pelo [Retalhador Guiado]?", bem lembrado, fera! Vocês são fera demais por lembrar desses detalhes. Então, a partir do Standard, eu faria com que todo lacaio não jogado fosse tratado como FICHA e colocaria uma ajuda visual na carta para lembrar, isso inclui o lacaio do Retalhador. Já na segunda, nós diminuímos bastante a força da carta e seguimos com a vida, o combo passaria a dar 10 de dano, que é justo, já que só o [Ignimpacto] causa esse dano sozinho e ninguém reclama. (Até levar um na cara)

Eles se pronunciaram sobre essa carta e falaram que não acham uma boa nerfá-la. Eu discordo um pouquinho só. Se eu fosse a Blizzard, eu iria querer que as pessoas comprassem mais cartas de outros sets e essa carta é forte o suficiente para roubar a posição de qualquer drop 6, 7 e 8 que ela trouxer para o jogo, sem que ela quebre muito. Por exemplo, por algum tempo, o [Anciente da Guerra] e o [Ragnaros] ocupavam orgulhosamente o slot na curva 7 e 8, até aparecerem [Dr. Cabum] pra chutar o Rag e depois o [Imperador Thaurissan] pra chutar o [Anciente da Guerra]. Ambas as cartas são muito mais fortes que as outras duas, mas não foram o suficiente para tirar o [Anciente da Tradição]. Imagina só o que que teria que aparecer para tirar UM deles, imagina se aparece algo que tira OS DOIS!
Sugestão: Sim, só isso, aumentar o custo e tocar o barco. Com custo 8, você já arrisca esperar muito para jogá-la, abrindo um espaço bacana para um custo 6 ou 7.

Alguém aí falou em Black Lotus? Pois é. Esta carta de Magic é a mais forte do jogo e foi banida rapidamente, ela fazia praticamente a mesma coisa que o [Avivar], dava 3 manas de graça.
Momento cultura nerd: Depois de uns 6 anos do lançamento da Black Lotus, a Wizards of the Coast criou a carta Lion's Eye Diamond, em que ela fazia a mesma coisa que a Black Lotus, mas para ativá-la, você descartava toda a sua mão. Aparentemente, isso foi uma tremenda brincadeira de mal gosto feita pela Wizards. Só que o tiro saiu pela culatra e hoje a LED é tão problemática quanto a BL, pois descartar as cartas da sua mão é a melhor coisa que pode acontecer em um deck combo de Ad Nauseam. Hahaha, a piada agora é você Wizards!
Voltando, jogar aquele [Retalhador Guiado] no turno 1 é sofrência para o oponente lidar, é um passo muito grande para a vitória. E um [Druida da Garra] no turno 1 também é terrível. Coisas assim a Blizzard não curte e decide cortar.
Sugestão: Okay, permanece quase a mesma coisa, exceto que vai demorar mais um turno para isso acontecer. Eu não quis mudar muito, mas, assim como no caso da [Alexstrasza], acho que quando forem nerfar, vai ser uma mudança total na carta, mudando bastante.
Certo, eu escolhi nerfar essa carta, pois não quero e nem acho justo nerfar o [Guardião do Bosque]. Como eu acho que uma das duas tem que rodar, então escolho essa.
Sugestão: O nerf é simples, nada muito drástico, só diminuir o poder da carta um tiquin. Sim, ela fica igual a um [Mestre Escudeiro de Sen'jin] com custo maior, mas tem que ver que o Mestre Escudeiro nunca poderá ter Investida. Você paga 1 de mana a mais por ter mais opções.

Esse cara é o responsável pela maioria das lendárias virarem uma droga, e dificulta infinitamente a criação de coisas novas no jogo, pois eles sempre terão que lembrar que o temível BGH (nome da carta em inglês) vai diminuir o uso dela, então o troço tem que ser muito forte para valer o risco.
Sugestões:  A primeira sugestão é simples, aumenta o custo de mana e está sussa. Talvez caiba até uma diminuída no status. Na segunda sugestão, já ocorrem algumas transformações e uma discussão filosófica. [Rosarães Guima] é o caçador mais top segundo a lore de WOW, então nada mais justo que ele seja muito poderoso no Hearthstone. A troca de papéis manteria a alma do [Caçador Profissional], que continuaria caçando FERAS e deixaria o Guimarães Rosa tão poderoso quanto no WOW.
"Ah, mas daí é palha demais, acabou com uma carta forte no Standard, que lástima, virou [Capitã do Brado Guerreiro] de novo.", você diz. "Sim e não, respectivamente", eu respondo. Eu "tiro" sim uma carta do Standard, mas não inutilizo, pois [Jubalta da Savana] continua existindo, assim como a [Misha], [Huffer], [Rei Mó] e, quem sabe, qualquer fera enorme que a Blizzard queira fazer. BGH acaba virando uma tech card, se o deck de feras ficar muito mais forte. Outro ponto positivo dessa mudança é que você faz uma carta EXCLUSIVA do Selvagem ser algo forte, o que atrai mais mudanças ainda pra lá.

Jubalta da Savana
Falando em feras...
INJUSTO! Eu acho muita sacanagem nerfar essa carta, sou 100% contra, mas em um post do Nuba lá no Facebook, onde ele pede pra galera dar pitacos de nerf, essa carta foi citada por mais de uma pessoa. Essa carta sofre o mesmo problema do [Anciente da Tradição], afinal porque você usaria [Gah'zirilla] se você pode usar DUAS dessa? As cartas de Caçador teriam que ser MUITO fortes para tirar um slot dela.
Sugestões: Ou aumenta o custo ou deixa mais fraco, simples. 
Essa versão já complica, mantém o custo, mas dá uma ajuda para o oponente. Ainda fica temático, né? Já que o leão morreu, ficou só a carniça dele para as [Hienas] comerem.
Versão preferida, casa muito com a carta e o histórico dela. Pra quem não sabe, essa carta foi baseada no fantástico filme "O Rei Leão", esse cara aí é o Scar! Quem não assistiu o desenho, pelamor, vai assistir (e se você não chorar, você não tem alma). Scar é o vilão do filme e ele está de conluio com as Hienas e pá. *SPOILER*SPOILER*SPOILER*SPOILER* No fim do filme as Hienas o comem. Tá aí a ideia da Hiena ser traidora! Eu gostei bastante dessa versão.
Eu, realmente, não sou nem um pouco a favor de nerfarem essa carta, pois é uma lendária, e a dragonesa VIVA mais TOP da lore do WOW e só pode ter UMA no deck, mas como o Brode já falou que ela é meio over demais, então vai né, vamos fingir que ela será nerfada.
O problema maior dela é que ela facilita demais a vida de decks OTK, como o Mago Congelante e é forte demais em decks controle como o Guerreiro Controle. Punir jogadores por jogarem o jogo controlando a mesa é algo que o Ben Brode já disse várias vezes que não gosta e a nossa dragonesa
linda faz isso.
Sugestão: Olha só, não foi fácil. Tenho MUITO medo do que podem fazer com ela, pois isso foi o mais próximo que consegui chegar sem quebrá-la totalmente, na verdade eu nem sei se isso foi um nerf. Para os decks exemplificados ali em cima, com certeza foi nerf, mas não sei quais monstros eu acabei criando depois disso.
Você pensou: "[Brann Barbabonze] mandou um abraço!", sim eu sei, temos o problema com o Brann, mas o combo dos dois custa 12 de mana, então tem que ter uma ativação do [Imperador Thaurissan] aí no meio. Ou você pode usar o [Avivar] para chegar a 12 de mana, só que não, né? Ele foi nerfado ali em cima. Acho que se esta carta for nerfada, terá que ser totalmente retrabalhada ou vai entrar no time da [Capitã do Brado Guerreiro].


Outro nerf que eu só faria se fosse MUITO obrigado. Sim, eu sei que essa carta é forte demais. Sim, eu sei que você pode dar 10 de dano no turno 5 ou 6. Só que tem um detalhe, esta carta é de Xamã e a classe toda já tem um problema astronômico sozinha e por isso, ela acaba balanceando essa carta.
Motivo principal para o nerf: com a chegada do Aggro Xamã, essa carta ficou muito mais forte do que deveria ser, pois agora sim temos um deck que fica ótimo usando-se a Sobrecarga, porém, isso vai contra os ideais dos desenvolvedores, pois deixou o jogo violentamente rápido e isso é ruim.
Sugestão: Você vai ter que pagar para atacar agora, se jogar essa carta no turno 5, vai bater só uma vez. Quer bater duas vezes no próximo turno? Paga 2 de mana e vai em frente. Não resolve o "problema" do 10 de dano em um turno, mas dá mais chances para o oponente reagir ou faz com que o combo seja bastante atrasado.
O nerf aqui é bem simples, então eu nem choro muito em nerfá-lo. O efeito bola de neve que ele causa no jogo, faz com que muitos decks simplesmente percam assim que ele entra em campo. Mesmo problema de cartas anteriores, a injustiça da não-possibilidade de reação do oponente. Se Jaraxxus cai no turno 9, o jogo praticamente acabou já para Guerreiro Controle, Sacerdote Controle e alguns outros decks, o ajuste sugerido aqui não vai fazer com que o Reno Bruxo (ou Handlock também) perca sua superioridade sobre esses outros decks, só vai dar uma pequena vantagem.
Sugestão: Nerfa somente o poder heróico dele e estamos de boa. Não precisa castigar nem nada, deixa os monstros 4/4 que a taxa de vitória contra os decks citados acima deve passar de 8/10 para 6/10, um aumento de 14%, aproximadamente para as classes desfavorecidas. Elas continuarão perdendo, mas nem tanto quanto antes. Um pouco mais justo.

Bola de Fogo
"Sério, SuperUai? Tá apelando, né?" Pra ser sincero, não. Não estou apelando. O pessoal da Blizzard já deixou escapar de leve que o [Arquimago Antônidas] é forte demais para estar no set clássico. Todos sabemos disso. Que tipo de monstro absurdo teremos que ver para tirar o Tonhão do drop 7 do Mago? Nerfando a [Bola de Fogo], nerfamos o Tonhão indiretamente.
"Então nerfa o Tonhão, cacilda! Deixa a bolinha em paz, ela nunca fez mal a ninguém!", você reclama. Claramente você nunca jogou de mago, né amigo? Já que a [Bola de Fogo] mata mais que peixera de baiano!
Não acho que o Tonhão mereça um nerf direto, afinal a habilidade dele necessita que você use uma magia assim que o jogar, do contrário você corre o risco do oponente silenciá-lo ou matá-lo. Ele não causa um benefício imediato no jogo a menos que você se prepare para isso.
Sugestões: Aumenta o custo ou diminui o dano. Se pegarmos as magias de dano direto, todas elas seguem duas regras simples ou Dano = Mana +1 ou Dano = Mana. [Tiro Arcano], [Seta de Gelo], [Explosão de Lava], [Ignimpacto] e [Seta Sombria] são exemplos dessa regra. As que não seguem essa regra possuem uma desvantagem clara como o [Comando para Matar], pode dar 5 de dano, mas precisa de uma fera em campo, a fera mais barata do jogo custa 1, então no final com 4 de mana você dá 5 de dano. Outra carta que não segue diretamente a regra deixa tudo nas mãos do RNG, então você paga 3 em um [Estalar] e pode dar um dano maior, mas nem sempre.

Escudada
Outra carta que não merece tanto nerf assim e se for pra nerfar, que seja bem de leve ou bem forte. É uma das remoções mais fortes do jogo, seu dano é praticamente ilimitado. Por 1 de mana, você pode dar 1 ou 20 de dano ou mais. As maneiras que o Guerreiro ganha armadura são muitas, então a chance de se chegar facilmente a 10 de armadura e se manter ali não são poucas.
Sugestões: Nerfa pouco ou nerfa muito, não dá pra fazer um meio termo aqui. Na primeira, só aumenta o custo e estamos de boa. Na segunda, nerfa forte, mas mantém o tema da carta, afinal você pegou teu escudo e desceu a chapuleta em algum bixo. Se o Shiryu quebra o escudo dele a qualquer pancada, porque o Garrosh não quebraria?
Imagina você dar uma escudada no Asa da Morte! Ele até sente a pacanda, mas seu escudo vai chorar tanto quanto!



Favorecimento Divino
Se for pra nerfar algo de Paladino, que seja essa carta. Essa é a única carta no jogo que deixa jogadores desleixados com possibilidades de volta ao jogo contra jogadores mais controlados e que punem jogadores desleixados. Você de Jaina segurando bem o jogo, controlando a mesa e o oponente jogando todas as cartas da mão o tempo todo sem parar, você se estabiliza lá com seus 10 de vida e 5 cartas na mão, o oponente não tem mais recursos até comprar essa carta.
Injusto? Sim. Super roubado? Mais ou menos. Merece nerf? Um pouquinho, já que é injusta, vamos torná-la mais justa.
Sugestões: Ou aumentamos o custo, vamos limitar o valor conseguido no turno em que essa carta é usada. Ou vamos nerfar com mais força, ao invés de encher a mão, fica só com metade das cartas (arredondada pra baixo, sempre) do oponente, diminuindo bastante o fator da injustiça e a possibilidade de uma virada enorme.




O que não merece nerf nem sob ameaça de paulada!

As cartas que sairão da rotação não serão nerfadas, só se derem MUITOS problemas, mesmo assim não acontecerá tão cedo, então nem perderei meu tempo.
Muitos devem ter lido os nerfs e pensaram no [Tirion Fordring], pois ele parece cair bem no caso do [Anciente da Tradição]. Sim, ele é muito forte, mas não chega a ser tão absurdo quanto os outros, pois não há como você tirar valor imediato dele e nem preparar facilmente um cenário em que ele será absoluto ao jogá-lo. Ele pode ser silenciado, pode ser morto e ter a arma quebrada, pode ser roubado pela [Sylvana Correventos] ou [Controle Mental] e o jogador que o jogou tira valor 0 da situação toda.
[Guardiã de Segredos] é outra carta que tem muita gente pedindo nerf, pois ela cresce sem limites no deck de Paladino Segredo. Olha só, ela precisa de uma deck ESPECÍFICO para ser forte e a condição é que ela jogue com 8 cartas horríveis no deck, só isso já deixa ela balanceada.
Também vi gente falando que [Preparação] merece ser nerfada, o que é errado, na minha opinião. Sim, ela dá uma vantagem maior que o [Avivar], mas possui uma desvantagem clara, funciona apenas para FEITIÇOS. Você pode lançar uma [Disparada] no turno 4, mas perde o seu turno 4, deixando o oponente livre para pegar a iniciativa da mesa novamente. A carta só fica desbalanceada no final do jogo, mas até chegar lá a Ladina teve que se manter viva com muito custo e manteve uma carta inútil na mão por tanto tempo. A desvantagem é clara.
Nenhuma carta de Ladino ou Sacerdote merece nerf na minha opinião, todas são bem normais, nada absurdo.


O que poderia ser feito para evitar que tais nerfs voltem a ocorrer

Eu defendo a rotação do Set Clássico. Sem frescura, roda o set como está e vamos criar coisas novas. Sou a favor do set Clássico permanecer DESSA VEZ, pois pegou todos de surpresa e vamos nos adaptar aos poucos, né?
"Mas se rodar o clássico, tudo que eu fiz até hoje será perdido! Nãaaaaaaao!!!", você esbraveja. Como eu faria a rotação do clássico: Tira o Clássico 1 e cria uma coleção do ano, tipo Clássico 2016, com 70% das cartas desse set sendo relançamento de cartas já existentes e 30% de cartas novas. Assim, você mantém a base forte para jogadores antigos e ainda tem um espaço para continuar a inovar o jogo.
A melhor consequência dessa opção é poder refazer cartas que estão no set clássico, para poder fazer uma chamada junto com o WOW, por exemplo, o cara da vez no WOW é o [Illidan Tempesfúria] e a carta dele no Hearthstone é muito triste, mas se tiram ele da rotação, poderão fazer uma carta mais forte e mostrar como ele está forte no WOW. Assim, uma galera que joga WOW vai ficar mais atraída para o Hearthstone e uma galera do Hearthstone vai atrás da lore do WOW.
Rodando o clássico, não é necessário fazer ajustes de níveis de poder nas cartas, simplesmente manda as cartas para o Selvagem e cria coisa nova para tomar o lugar delas no Padrão, se as cartas novas não vingarem no Selvagem, paciência, nada que acabe o mundo.
Essas são as opiniões do SuperUai! Eu estou curioso para saber o que você achou dessa viagem toda, deixa a sua opinião aí nos comentários, vai ser bem legal ler!
Aquele abraço e falows valews!



As informações e opiniões descritas neste artigo são de única e inteira responsabilidade de seu autor.

Nenhum comentário: