terça-feira, 1 de julho de 2014

Tema de hoje: Relacionamentos


Olá pessoal!
Tenho lido em muitos blogs e sites (principalmente em textos de amigos) sobre o tema "relacionamentos nos dias de hoje" e resolvi escrever algumas coisas sobre o assunto.


Concordo com muitas pessoas que dizem que estamos na era da "perfeição" nos relacionamentos. É algo que tem sido imposto pela sociedade, digo que é imposta porque nos obrigamos a isso, principalmente quando achamos que as pessoas têm que ser felizes como nos últimos capítulos das novelas, ou como nas histórias infantis que dizem  "e foram felizes para sempre".

É meio obvio que as pessoas vão colocar em suas páginas de redes sociais as fotos e declarações de amor, e é mais obvio ainda que a maioria de nós não vai ficar comentando as discussões e brigas em nossos murais. Além disso, as novelas, filmes, livros e afins, em sua maioria terão seu ápice de final feliz, como sempre foi, mas nada disso não quer dizer que os relacionamentos mudaram. Na verdade nós apenas estamos mais expostos, o que não é de todo ruim, já que por exemplo, podemos incluir as pessoas que estão longe em eventos importantes de nossos relacionamentos.

Acho que o maior problema disso tudo é que nós ficamos com mais medo de nos relacionar do que é normal, com essa coisa de perfeição acabamos acreditando que não somos dignos de ter um relacionamento, já que passamos por tantas coisas difíceis no passado, que como somos imperfeitos não merecemos mais amar. Acaba que tudo isso tem um efeito meio que de doutrinação, "não se relacione com ninguém que você ficará seguro".

É aí que mora o perigo, não podemos nos privar de viver por medo. Perfeição não existe, quando duas pessoas se relacionam elas terão problemas, e tudo isso fará com que elas se conheçam melhor e o relacionamento se fortaleça, ou fará com que os dois percebam que o outro não é mesmo o par que gostaria que fosse e seguem a vida. Se relacionar com alguém é incerto, inseguro, mas não se pode esquecer o quanto vale a pena encontrar um par interessante, que te faça suspirar, que combine com você. 

Ao se privar de um relacionamento, você se priva também das emoções, de encontrar alguém que possa ser o amor da sua vida, o que você considera seu par ideal. Eu que sou alguém que já viveu a fase do "não devo me relacionar", tenho pensado que vale a pena arriscar sim, que devemos ter o nosso tempo de "luto" quando um relacionamento acaba (até porque as outras pessoas do mundo não fizeram nada pra gente, sair por aí descontando nossas frustrações em todo mundo não é certo), e depois devemos viver nossa vida normalmente, sem nos privar de nada: Viver plenamente!

Se tiver algum argumento diferente, quiser perguntar alguma coisa, enfim, entrar em contato é só deixar um comentário no post!
Até mais pessoal!

Nenhum comentário: